quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Coritossauro


Nome: Coritossauro ("Lagarto de Capacete").
Época: Cretáceo.
Local: América do Norte.

 Coritossauro foi um gênero de hadrossaurídeos, ou dinossauros bico-de-pato, que habitaram a América do Norte entre 77 e 75.7 milhões de anos atrás, durante o período Cretáceo. Seus primeiros fósseis foram descobertos pelo paleontólogo americano Barnum Brown em 1911, próximo do rio Red Deer, em Alberta, no Canadá. Tal fóssil estava quase completo, apenas com parte da cauda e dos membros posteriores faltando. O mais incrível desse fóssil (AMNH 5240) foi que ele apresentava pele fossilizada, que também deixaram marcada na rocha um contorno quase perfeito do corpo do animal em vida. Esse dinossauro só foi descrito no final de 1912 e foi nomeada como Corythosaurus casuaris. Corythosaurus significa "Lagarto de Capacete" e faz alusão à semelhança de sua crista com os elmos utilizados pelos guerreiros da cidade de Corinto, na antiga Grécia. Casuaris, seu nome específico, faz referência ao casuar, uma ave não voadora da Oceania que possuí uma crista na cabeça muito semelhante ao do coritossauro. Além do C. casuaris, uma segunda espécie de coritossauro é oficialmente reconhecida, o C. intermedius, antigamente conhecido como stephanossauro.

 O coritossauro, assim como todos os hadrossaurídeos, era herbívoro. Análises de sua dentição e conteúdo estomacal fossilizado mostram que os coritossauros eram animais um tanto seletivos na sua alimentação, priorizando as plantas mais macias, como as folhagens mais jovens e os frutos com mais suco. Alguns fósseis destes dinossauros foram encontrados com sua última refeição fossilizada em seus estômagos. Entre os "lanches" encontrados estavam folhas de coníferas, sementes, galhos e frutos.

 O coritossauro poderia medir entre 8 e 10 metros de comprimento e pesar mais de 3 toneladas. Era um quadrúpede-facultativo, podendo ficar de pé sobre as patas traseiras. Quando sobre as quatro patas, sua altura poderia ser de mais de 3 metros até os ombros.

 As características cristas dos coritossauros eram levemente diferentes nas duas espécies desse gênero, mas em ambas ela possui um formato de capacete. Essa crista era oca, com tubos onde o ar inspirado e expirado poderia circular e produzir sons em uma espécie de câmara de ressonância. Esses sons, semelhantes aos de um trombone, seriam usados para comunicação interespecífica, mesmo a longa distância. A crista se desenvolvia ao longo da vida, sendo quase inexistente nos filhotes e terminando seu crescimento na maturidade. Moviam-se em manadas e, ao contrário das representações mais antigas, hoje sabemos que os hadrossaurídeos eram animais muito bem adaptados ao ambiente terrestre e não ao aquático.


Na cultura popular:

  • No cinema, o coritossauro aparece em Jurassic Park III, formando um bando com parassaurolofos. Esses animais também aparecem em diversos filmes e episódios da série animada de Em Busca do Vale Encantado. Na TV, ele aparece na série infantil Dino Trem.
  • Nos videogames, esse dinossauro está presente em Jurassic Park: Operation Genesis, Jurassic World Evolution, LEGO Jurassic World, Jurassic World: The Game, Jurassic Park Builder e diversos jogos da franquia Dinosaur King.


Galeria:

O coritossauro poderia medir de 8 a 10 metros de comprimento, mais de 3 metros de altura e pesava mais de 3 toneladas. "Corythosaurus" por Angie Rodrigues/CraftyCreatures (DeviantArt).

Apesar de ser mostrado como um dinossauro com estilo de vida anfíbio nas representações mais antigas, hoje sabemos que os hadrossaurídeos em geral eram muito bem adaptados ao meio terrestre. "Corythosaurus" por Vlad Konstantinov/Swordlord3d (DeviantArt).

A crista do coritossauro tinha o formato semelhante ao elmo dos guerreiros da antiga Corinto. Essa crista era oca, cheia de tubos onde o ar poderia circular durante a respiração. O coritossauro usava essa crista como uma câmara de ressonância para produzir sons e se comunicar com membros de sua espécie. É provável que ela tivesse cores vivas e fosse usada como display sexual. "Corythosaurus bust" por Álvaro Rozalén/JELSIN (DeviantArt).


Classificação Científica:

Reino: Animalia.
Filo: Chordata.
Clado: Tetrapodomorpha.
Clado: Dinosauria.
Ordem:  Ornithischia.
Subordem:  Ornithopoda.
Família:  Hadrosauridae.
Tribo:  Lambeosaurini.
Gênero:  Corythosaurus.
Espécies:  Corythosaurus casuaris,  C. intermedius.



Fontes:
1. Wikipedia
2. Prehistoric Wildlife

Nenhum comentário:

Postar um comentário