quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Quetzalcoatlus

Nome: Quetzalcoatlus.
Nome Científico: Quetzalcoatlus nortrhopi.
Época: Cretáceo.
Local: América do Norte.

 O primeiro fóssil de Quetzalcoatlus foi descoberto por Douglas Lawson no Parque Nacional de Curva Grande no Texas, Estados Unidos. Seu nome foi dado em homenagem ao deus serpente emplumada dos astecas conhecido como Quetzalcoatl.


 O quetzalcoatlus foi o maior pterossauro que já existiu, tendo uma envergadura de 13 metros de comprimento (o mesmo que o de um avião de pequeno porte) e pesando cerca de 100 quilos. Quando estava repousando em solo ele tinha 5 metros de altura: a mesma altura de uma girafa moderna!

Comparação de tamanho entre um quetzalcoatlus, um humano
e uma girafa.

 Seu tamanho gigantesco gera dúvidas entre os paleontólogos sobre como eles voavam. Alguns acreditam que eles apenas planavam grandes distâncias utilizando correntes de ar. Outros ainda acreditam que ele era incapaz de voar (pelo menos na fase adulta) e passava maior parte de sua vida no chão.

 O animal provavelmente vivia em regiões costeiras próximas ao mar, onde poderia pescar, mas também é provável que vivessem na área continental. Sua alimentação era baseada em peixes, pequenos animais e, provavelmente, filhotes de dinossauros. Possivelmente também se alimentava da carcaça de animais mortos, como os abutres de hoje em dia.


Na Cultura Popular:

  • O quetzalcoatlus é uma das espécies domesticáveis no jogo de sobrevivência em primeira pessoa Ark: Survival Evolved. Ainda no mundo dos jogos eletrônicos, esse animal aparece em Jurassic World: The Game.
  • Na animação Era do Gelo 3, um bando de quetzalcoatlus faz uma aparição.


Galeria:





 



Classificação Científica:


Reino: Animalia.
Filo: Chordata.
Ordem:  Pterosauria.
Subordem:  Pterodactyloidea.
Família:  Azhdarchidae.
Gênero:  Quetzalcoatlus.
Espécies: Quetzalcoatlus northropi.



Fontes:
1. Atlas Virtual da Pré-História.
2. Documentário Dino Planet.
3. Site Pre-Historic Wildlife.
4. Wikipedia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário